Pedido de cassação do prefeito Juninho é protocolado na Câmara

8106

Um pedido para cassação do mandato do prefeito João Teixeira Junior (DEM), o Juninho da Padaria, foi protocolado na manhã desta sexta-feira (12) na Câmara Municipal de Rio Claro. A partir disso, a Casa de Leis deverá na próxima sessão ordinária, na segunda-feira (15), apreciar em plenário a matéria e os vereadores decidirão se recebem ou não o pedido para instaurar uma Comissão Processante (CP) para julgar a denúncia.

>>> Ficha Limpa: TRE é informado sobre condenação de Altimari e Salomão

O documento com dezenas de páginas lista uma série de embasamentos que perpassam pela dívida de inadimplência do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (DAAE), apontada em R$ 76 milhões, também a omissão na transparência com as informações de interesse público a partir da falta de retorno aos questionamentos dos requerimentos apresentados pelos parlamentares no Poder Legislativo às secretarias municipais, além de outros apontamentos sobre suposta má gestão da máquina pública.

>>> Recebimento do pedido de cassação do vereador Paulo Guedes é rejeitado

O JC teve acesso ao documento, assinado por um munícipe, em primeira mão e questionou o prefeito Juninho da Padaria acerca do material. O secretário de Negócios Jurídicos, Rodrigo Ragghiante, informa que o corpo jurídico do Poder Executivo está analisando o pedido e que após seu término fará um posicionamento oficial sobre o assunto.

Mais informações serão atualizadas em breve. A reportagem completa e entrevista com o autor do pedido você confere na edição impressa do JC deste sábado (13), nas bancas e no aplicativo para assinantes.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: