Carine Corrêa

Os reparos na pavimentação asfáltica da cidade são de competência do poder público local. Em diferentes bairros do município, alguns leitores do JC registraram a deformidade no asfalto e encaminharam as imagens via WhatsApp da redação – (19) 99942-4100.

“O buraco está aberto desde dezembro do ano passado”, diz Diogo Cardoso, que encaminhou as fotos da deformação no asfalto no trecho da Avenida M-37, com a Rua 14, no Parque São Jorge.

Deformação na Avenida M-37, na região do Cervezão
Deformação na Avenida M-37, na região do Cervezão

Na Avenida 42, entre Ruas 6 e 7, Maria Luiza Tavares relata que o buraco está sempre com água. “Trabalho ao lado desse buraco e já completou dois anos que está aberto”, detalhou.

Desnível contendo água na Avenida 42, entre Ruas 6 e 7
Desnível contendo água na Avenida 42, entre Ruas 6 e 7

No Parque Universitário, Valmir Rodrigues afirma que o asfalto está afundando na Rua 16 com Avenida 50. O problema se estende há pelo menos um mês.

Asfalto afundado no trecho da Rua 16, com Avenida 50
Asfalto afundado no trecho da Rua 16, com Avenida 50

O leitor Jair de Lima denuncia um buraco na Avenida 29, com Ruas 8 e 10, que vem ocasionando transtornos para a comunidade daquela região. No Jardim Novo I, os moradores chegaram a plantar bananeira em um buraco que se formou na Avenida 14, com a Rua 1.

O vereador Juninho da Padaria revela que na Rua 14, com Avenida 13, no bairro Consolação, um carro caiu na deformação do asfalto e resultou em estragos do pneu de um veículo.

Sobre essas reclamações, a Prefeitura informou que os serviços de tapa buraco são realizados por quatro equipes da Secretaria Municipal de Obras e Serviços e, quando os buracos são relacionados ao Daae, por equipe da autarquia. “A Secretaria de Obras elabora a relação de atendimento priorizando os casos mais graves”, disse.