Brasilia DF 22 09 2020 O presidente Jair Bolsonaro fala na abertura de encontro de chefes de estado da ONU foto video conferencia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez na manhã desta terça-feira (22) seu discurso na abertura da Assembleia Geral da ONU.

Em uma fala gravada de cerca de 15 minutos, Bolsonaro atacou a imprensa e defendeu sua atuação frente à pandemia de coronavírus. Sem apresentar provas, ele disse ainda que seu governo é vítima “de uma das mais brutais campanhas de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal”.

A Assembleia Geral é o principal órgão deliberativo da ONU. É lá que os representantes dos 193 países-membros da organização se reúnem para discutir assuntos que afetam as comunidades internacionais, e todos têm direito a voto. Tradicionalmente, o chefe de Estado brasileiro é o primeiro a falar na conferência.

Publicidade

Neste ano, os líderes concordaram em enviar vídeos com seus pronunciamentos em vez de se reunir presencialmente na sede das Nações Unidas, em Nova York, como forma de evitar os riscos de propagação do coronavírus.

Além de Bolsonaro, discursam nesta terça outros 30 chefes de Estado. O presidente americano, Donald Trump, é o segundo a fazer seu pronunciamento, logo após o brasileiro. Os discursos continuarão ainda na quarta (23).

Também figuram entre os mais esperados os discursos do dirigente chinês, Xi Jinping, e do líder iraniano, Hassan Rowhani, devido à escalada das tensões entre os dois países e os Estados Unidos.

Mais em Política:

Prazo de 90 dias da CP dos R$ 4 mi corre risco de estourar

Trump vota na Flórida e Biden vai à Pensilvânia