Em um universo de 148 mil eleitores do município, aproximadamente 100 mil ainda não realizaram o cadastramento biométrico.

A Justiça Eleitoral alerta para que o eleitor faça já o procedimento para evitar filas e impedir o cancelamento do título.

Com o título cancelado, o eleitor tem o CPF bloqueado, bem como fica impossibilitado de tirar passaporte, prestar concursos públicos, obter empréstimos em bancos, votar na próxima eleição, entre outros prejuízos.

Além de aumentar a segurança do voto, os dados da biometria serão utilizados para a produção do Documento Nacional de Identidade (DNI) e do e-Título.

O atendimento pode ser agendado, para maior conveniência do eleitor, através do site www.tre-sp.jus.br, mas o agendamento não é obrigatório.

O eleitor deve comparecer em seu cartório eleitoral com documento original de identidade, comprovante de endereço, emitido nos últimos 3 meses, e título eleitoral, se tiver.

O cartório eleitoral da 110ª ZE fica localizado na Rua 8, 819, entre avenidas 5 e 7, e o da 288ª ZE na Avenida 13, 634, entre Ruas 5 e 6.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Idoso morre vítima de Covid em Rio Claro