Baixa nível de umidade do ar requer cuidados diários

168

Muito comum durante o inverno, a baixa na umidade do ar requer alguns cuidados especiais.

De acordo com o site Climatempo, neste domingo (14), a umidade na cidade de Rio Claro chegou a 31%, sendo o recomendado pela Organização Mundial de Saúde entre 50% e 80%.

Alguns hábitos necessitam ser revistos para que a saúde não seja afetada, como o consumo de água, que deve ser de um copo de 200ml a cada duas horas, lavar o nariz com soro fisiológico pelo menos três vezes ao dia – a água da torneira possui cloro e não é indicada, pois resseca ainda mais as narinas -, manter a pele hidratada e também os lábios e evitar exercícios entre as 10 e as 16 horas.

O uso do umidificador é bastante indicado por profissionais da área da saúde, assim como os cuidados.

Defesa diminui com baixa umidade

Com o tempo seco, as vias aéreas acabam trabalhando mais. Isso ocorre pois a mucosa nasal precisa umedecer o ar para que as trocas gasosas no pulmão mantenham a quantidade de água necessária.

Consequentemente, com o tempo mais seco, o esforço feito pelas vias respiratórias são ainda maiores, com isso as defesas do organismo diminuem, deixando-o suscetível a algumas situações, como por exemplo o aparecimento de viroses, alergias, inflamações por bactérias, rinites (inflamação da mucosa do nariz que atinge cerca de 25% da população brasileira, segundo a OMS), sinusite (nos seios da face), asma e outras.

O indicado é manter sempre uma boa hidratação.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: