Educação

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo iniciou nessa quarta-feira (21) o processo de atribuição de aulas para os 240 mil professores da rede. A escolha é para atuar no Ensino Fundamental e Médio.

O cronograma vai até o próximo dia 30 e as datas variam de acordo com o regime de contratação do educador, publicado no Diário Oficial do Estado e no Portal da Educação (www.educacao.sp.gov.br).

Todo processo de atribuição é realizado nas escolas e diretorias de ensino em que vão atuar. Professores efetivos terão prioridade na escolha de classes e aulas, seguidos pelos estáveis e temporários com contrato vigente até 2015.

Os professores classificados no concurso público para Anos Finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio podem ser contratados como temporários até a próxima chamada do certame.

A possibilidade é facultativa e é mais um apoio para o profissional interessado em atuar na rede paulista para que tenha a primeira experiência no ensino. Para o ingresso como efetivo é preciso esperar a nomeação em Diário Oficial e a aprovação em perícia médica. As aulas na rede estadual se iniciam no dia 2.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Idoso morre vítima de Covid em Rio Claro

Bia Haddad decepciona e cai na estreia em Wimbledon