Após tempestade de granizo telhas são descartadas nas ruas

79

Lucas Calore

Na Rua 6, próximo à feira realizada na Avenida 40, telhas foram descartadas no canteiro central
Na Rua 6, próximo à feira realizada na Avenida 40, telhas foram descartadas no canteiro central

Mais de um mês após a chuva de granizo que causou transtornos diversos no município, ainda é possível ver rastros dos estragos pelas ruas e avenidas de Rio Claro. E, nesse sentido, os cidadãos rio-clarenses estão deixando um mau exemplo quanto à limpeza das ruas.

Despejo incorreto

Como todos sabem, lugar de lixo é no lixo. No entanto, basta dar uma volta pela cidade para observar o descarte incorreto de telhas de amianto em terrenos, canteiros, praças, entre outros lugares.

“Isso aí não pode acontecer, né?”, disse o senhor Naercio Copa, que faz coleta de materiais recicláveis pelas vias públicas há cerca de um ano. Ele recolhe principalmente papelão para depois revender e aconselha que a população colabore com a limpeza das ruas.

A reportagem do JC percorreu vários bairros nessa quarta-feira (6) e flagrou o despejo incorreto do material. Em um terreno da Avenida 30, entre as ruas 1-A e 2-A, na Vila Aparecida, o amontado está há semanas por lá.

Na Rua 13, entre as avenidas 5 e 7, além das telhas, há bastante lixo despejado, ainda que tenha um recado no muro para não depositar resíduos no local. No canteiro da Rua 6, próximo da Avenida 40, também foi feito o despejo de telhas.

Descarte correto

Os ecopontos da Cidade Azul recebem esse material em quantidade pequena (um metro cúbico). Em caso de muito material a ser descartado, o proprietário deve acionar o serviço de caçambas. O funcionamento dos ecopontos é de segunda a sábado, das 8 às 20 horas; nos feriados, das 8h às 17h.

Vale lembrar que, nos dias seguintes ao temporal acompanhado de granizo, o comércio da cidade registrou alta nas vendas deste tipo de telha, que foi bastante danificada na chuva.

Ecopontos

Os ecopontos estão instalados no Inocoop, na Avenida Tancredo com a Rod. Fausto Santomauro; no Jd. das Palmeiras, na Av. 3-JP, ao lado da ETE; no Jd. Figueira, na Av. 54 em frente à Rua 27; no Cervezão, na Rua 6 com Av. M-21; no Jd. S. Paulo, na Rua 1-A e no São Miguel, no Anel Viário, perto da Avenida 62-A.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: