Mato alto toma o entorno do antigo Centro de Voluntariado. Prefeitura diz que corte da vegetação consta da programação

Carine Corrêa

Mato alto toma o entorno do antigo Centro de Voluntariado. Prefeitura diz que corte da vegetação consta da programação
Mato alto toma o entorno do antigo Centro de Voluntariado. Prefeitura diz que corte da vegetação consta da programação

Depois que encerrou suas atividades, o que se observa no imóvel que abrigava o antigo Centro de Voluntariado são sinais de abandono, como mato alto. Nas redes sociais, Binho Riani Perinotto, que era um dos integrantes da rede Arte Cultura Rio Claro, relembra quando o ponto de cultura ainda era ativo.

“O Centro de Voluntariado realizou durante anos diversas oficinas de instrumentos musicais, de técnicas de vídeo e som, socioeducativas, de prevenção de doenças, socioambientais, e diversos debates, rodas de conversas, eventos, e atividades de um modo geral. Depois, já passado um tempo sem recursos da prefeitura ou de governos federal ou estadual, outras atividades ainda continuaram a ser realizadas dentro da casa”, contou.

Ele ainda lembra que o antigo Centro contribuiu par a coordenação e execução de um outro projeto, a Casa da Amizade. Com problemas de vandalismo no imóvel, Binho detalha sobre um acordo que estipulava que os integrantes do Projeto Casa da Amizade auxiliassem na segurança do local. “Passado um tempo foi feito um acordo, a casa poderia ser utilizada, desde que os interessados apresentassem alguma proposta de projeto para uso permanente”, disse.

Em outro momento, ele diz que alertou para importância de se firmar um acordo com a prefeitura. “Hoje eu não sei mais como está a coisa toda. Estou morando em São Paulo e já não tenho vínculos com Rio Claro, a não ser com algumas amizades e com familiares. Sei que o Centro de Voluntariado já tirou, faz um tempo, de dentro da casa seus principais documentos, registros, papeladas, e outras coisas mais (incluindo os vários livros da Biblioteca), e hoje mantém-se inativa temporariamente sem novos projetos”, concluiu.

A Secretaria Municipal de Cultura informou, através da assessoria de imprensa, que a Comunidade Hip-Hop, que até então ocupava o espaço, desocupou o prédio para reforma. “A Secretaria está mobilizada no sentido de levantar os recursos necessários para a devida adequação do local, que deverá retomar suas atividades com foco cultural”, garantiu.

Sobre a alta vegetação no entorno do imóvel, a prefeitura comunicou que a Secretaria de Manutenção e Paisagismo já está com serviço agendado para a limpeza do prédio situado na Avenida Visconde com a Avenida 26.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Saiba como denunciar assédio sexual sofrido no trabalho

Rio Claro vacina contra a Covid a partir das 7h30