O meia Cleitinho, hoje no Rio Claro FC, foi campeão com o Pisos Nice em 2015, quando o time superou o UPU FC na final

Matheus Pezzotti

Em reunião realizada no dia 15 de fevereiro, a Liga Municipal de Futebol (LMF) e com a participação de 16 times definiram alguns pontos para a disputa do Campeonato Amador de 2016.

Segundo o presidente da entidade, Moacir Montezel Junior, a forma de disputa será a mesma do ano passado, com os clubes divididos em duas chaves, com jogos dentro de cada grupo, em turno único, classificando-se oito times em cada. E seu início está definido para o dia 17 de abril, com a final marcada para o dia 14 de agosto.

Em 2015, houve a participação de 22 times e, para este ano, há a expectativa do número recorde de 26 equipes, que são: AA Boa Vista, AA Santa Maria, AA Santana, AE Pisos Nice, AE Ribeirão Claro, América FC, Botafogo FC, CA Juventus, Cidade Nova FC, CSA Ajapi, EC Novo Wenzel, EC Panorama/Belmare, EC Paulistão, EC Vasco da Gama, Independência FC, Inter Mãe Preta FC, IX de Julho FC, Juventude FC, Minativa FC, Portuguesa FC, São Paulinho FC, UPU FC e Unidos EC. Além de três novas equipes, o Cruzmaltino, campeão da Supercopa Bandeirante de 2015, e o Jardim Novo e o União Bonsucesso, que disputaram a série B do Amadorzão.

Mas, para este ano, o mandatário da LMF ressalta que os times participarão apenas se forem filiados à entidade e se tiverem as documentações e questões financeiras acertadas.

O meia Cleitinho, hoje no Rio Claro FC, foi campeão com o Pisos Nice em 2015, quando o time superou o UPU FC na final
O meia Cleitinho, hoje no Rio Claro FC, foi campeão com o Pisos Nice em 2015, quando o time superou o UPU FC na final

“Qualquer pendência que as equipes tenham com a LMF terão que ser acertadas até o dia 31 de março. A expectativa é de que todos os clubes, que têm o mês de março inteiro para acertar as pendências, participem do campeonato. Se todos cumprirem com suas obrigações, poderemos ter um Amador com 26 times, com duas chaves de 13 times”, diz.

Com mais times, serão necessários também mais campos de futebol. E Moacir garante que haverá o suficiente para a realização das partidas aos domingos.

“Temos a expectativa de ter mais campos neste campeonato. O distrital do Santa Maria foi reinaugurado nas oitavas de final do campeonato passado, o distrital do Cidade Nova tem grande expectativa de estar pronto, o distrital do Juventus, que não foi utilizado ano passado por um defeito no gramado, já foi corrigido, e o distrital do Ipiranga, que hoje não tem condições de sediar jogos do Amador, mas está sendo feito um trabalho para isso e vai ter campo para todos os jogos”, afirma.

Mas para facilitar esta situação, Moacir comentou também que o time que não tem um campo para sediar seus jogos terá que fazer uma parceria com uma equipe que tenha.

“A LMF não vai intervir nesse acordo. Em caso de rodada dupla, a preferência de horários é do mandante do campo e tudo isso terá que ser resolvido até o final do março para a elaboração da tabela”, acrescenta o presidente que deve marcar uma reunião para definir o número de times e sorteio dos grupos para o dia 2 de abril, na sede da entidade.

A partir da próxima segunda-feira (29), Montezel Junior vai disponibilizar na LMF quais são as pendências de cada equipe e garante que os clubes terão apoio dos departamentos jurídico e técnico da entidade.

A intenção do presidente é fazer o mesmo calendário do ano passado, com a realização do Torneio Início, no dia 10 de abril, e o concurso da Musa do Amador.

O Torneio Início não será obrigatório e vai coincidir com a final da Copa Rio Claro, na qual a maioria dos clubes que disputarão o Amador estão presentes, mas segundo Moacir os finalistas poderão ficar isentos de disputar o torneio, caso manifestem essa vontade.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.