Com 17 anos, João Pedro explica que o resultado da seleção foi inesperado: “Estava muito difícil e eu fiquei surpreso”

Divulgação

O aluno do Colégio Puríssimo, João Pedro Calil Barcellos Leite, é o único representante de Rio Claro na etapa final da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), que vai selecionar as equipes que representarão o Brasil na International Olympiad of Astronomy and Astrophysics (IOAA) e na Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA) em 2016.

João Pedro estará ao lado de 300 alunos, de 17 estados, nesta seletiva que acontece em Barra do Piraí, no Estado do Rio de Janeiro. Além dele, outros dois alunos de Limeira representam a região no evento. Nesta etapa, que acontece entre os dias 13 e 16 de março, são realizadas duas provas teóricas e duas provas de observação (planetário e céu).

Com 17 anos, João Pedro explica que o resultado da seleção foi inesperado: “Estava muito difícil e eu fiquei surpreso”
Com 17 anos, João Pedro explica que o resultado da seleção foi inesperado: “Estava muito difícil e eu fiquei surpreso”

As equipes receberão dois treinamentos, um no Observatório Abrahão de Moraes (OAM), do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (IAG-USP), em Vinhedo; e o outro no Laboratório Nacional de Astrofísica, LNA, em Itajubá, Minas Gerais, em datas ainda a definir.

Atualmente no 3º ano do Ensino Médio, João Pedro será acompanhado pelo professor de Física do Ensino Médio, Bruno Zaniboni Saggioro. Segundo o coordenador do Ensino Médio, Huemerson Maceti, “a European Southern Observatory oferece uma visita, com tudo pago aos seus telescópios, que ficam em Cerro Paranal, no Chile, para aqueles que ficarem em primeiro lugar nesse processo seletivo”. Desde o 6º ano, João participa de eventos similares.