Alckmin inaugura escola na cidade de Corumbataí

57

Favari Filho

Governador de São Paulo assinou a liberação de 600 mil reais para a reforma e adaptação de Barracão Multiuso
Governador de São Paulo assinou a liberação de 600 mil reais para a reforma e adaptação de Barracão Multiuso

O governador Geraldo Alckmin esteve na última quarta-feira (11) no município de Corumbataí para a inauguração oficial da Escola Estadual Governador Jânio Quadros, que funciona desde o dia 2 de fevereiro atendendo alunos do Ensino Médio nos períodos da tarde e noite.

O investimento na nova unidade escolar que possui seis salas é de R$ 1,8 milhão que foram destinados por meio da Secretaria de Educação.

Na ocasião, estiveram presentes, além do prefeito Vicente Rigitano e autoridades locais, o deputado Aldo Demarchi e demais prefeitos da região. O governador chegou na cidade por volta das 9h30 vindo de Campinas onde anunciou repasse de recursos no valor de R$ 26,5 milhões para a Apae e outras entidades que atendem alunos com deficiência da região.

Aldo Demarchi abriu a sessão solene e saudou os prefeitos da região que compareceram na importante inauguração para Corumbataí. Lembrou também sua trajetória política que, segundo o deputado, coincide com a do governador e enfatizou a relação de proximidade que sempre teve com Alckmin e Mário Covas. O prefeito Vicente Rigitano falou dos benefícios advindos do governo do Estado e ressaltou que sem a ajuda do governador o processo seria muito mais difícil.

Geraldo Alckmin, por sua vez, cumprimentou a todos e discorreu sobre a importância da educação. Alckmin lembrou ainda que o Estado de São Paulo investe seis por cento a mais que os outros Estados em educação, acumulando um total de 31 por cento de investimentos. Por fim, antes de seguir para Leme, onde também tinha agenda a cumprir, o governador assinou a liberação de 600 mil reais para a reforma e adaptação do Barracão Multiuso da prefeitura de Corumbataí. O prédio com aproximadamente 800 m² deve receber uma clinica veterinária, a unidade do Samu, o Detran, o Banco do Povo, o Conselho Tutelar e a Vigilância Sanitária.

1 COMENTÁRIO

Qual sua opinião? Deixe um comentário: