Pela 12ª rodada do Campeonato Paulista da Série A-2 o Rio Claro foi até o Estádio Canindé na capital enfrentar a Portuguesa Santista. De portões fechados por conta de medidas emergenciais em razão do avanço do coronavírus no Brasil e principalmente no Estado de São Paulo as duas equipes entraram em campo para um início de partida sem grandes criações e oportunidades para ambos os lados. O ritmo que deveria mudar a medida que os minutos passavam não mudou. Em campo faltou técnica e sobrou passes errados o que resultou em um primeiro tempo sem gols: Portuguesa 0 x 0 Rio Claro.

Na etapa complementar bastou o juiz apitar para o Rio Claro ir para  ataque e no primeiro lance quase abrir o placar. No contra-ataque a Portuguesa fez  que o Galo Azul deveria ter feito: o gol. A defesa rio-clarista não marcou, Luan sobrou livre e chutou para balançar a rede fazendo Portuguesa 1 x 0 Rio Claro.

O gol não mudou muito a configuração do jogo que seguiu mais em ritmo de treino e com um futebol bem abaixo do esperado. Quando Portuguesa ou Rio Claro conseguiam avançar no ataque, a finalização sempre vinha acompanhada de erros e nenhuma criatividade e técnica. Deste forma a partida seguiu até o apito final: Portuguesa 1 x 0 Rio Claro.