#VÍDEO: Vigilância proíbe casal de doar comida e lacra geladeira

5585

A Vigilância Sanitária de Rio Claro lacrou na tarde de terça-feira (20) uma geladeira que ficava na porta de um comércio na Rua 6 no Centro. O eletrodoméstico pertence a um casal que teve a ideia de diariamente fazer marmitas para distribuir para moradores de rua e pessoas carentes do município.

A ideia logo chamou a atenção de outras pessoas que passaram a colaborar e a deixar frutas e outros alimentos para quem precisa.

Em nota a Vigilância Sanitária afirmou que a distribuição ou venda de alimentos tem uma legislação específica e que as regras da Anvisa são rígidas em relação a essa questão. O casal recebeu uma notificação e vai comparecer para uma reunião com a diretoria da Vigilância nesta quinta-feira (22).

Confira no vídeo

9 COMENTÁRIOS

  1. Bando de desocupados, só atrapalham, só mexem onde não precisa.
    Tanta coisa pra ser feita nesse pobre cidade,e se encomodam com atos humanos,
    Bem diz o ditado:QUEM NÃO AJUDA ,QUE NÃO ESTORVE.
    ESSES INFELIZEZ PRECISAM PASSAR FOME, PRA SENTIR NA PELE,A FALTA QUE FAZ UMA MÃO AMIGA.

  2. Tem isso em várias cidades pelo País, inclusive Capitais, para que fazer isso ???……não bastava orientar o casal e adequar as condições ???………….isso vai acabar inibindo a iniciativa de outras pessoas, quando deveria ser exemplo.

    • Deveriam fiscalizar também essas lanchonetes e restaurantes do centro,pois tem alguns que não tem o minimo de higiene…além de venderem coisas estragadas,pois já fui vitima disso.

    • Antes de mais nada, gostaria de parabenizar o casal pelo EXEMPLO e pela ATITUDE HUMANA. Bom, com todo respeito ao orgão do município, mas queria saber, se fosse um filho de um dos agentes ou superiores que estivesse com fome, sem condições financeiras e fazendo uso dos alimentos doados, vocês estariam tomando essa atitude extrema? Sei que as leis e as normas estão aí para serem cumpridas, mas será que pra fazer boa ação, tem que se ter um vínculo político nessa cidade? Alguém ai já ouviu falar sobre a multiplicação dos pães?

Qual sua opinião? Deixe um comentário: