Folhapress

Max Verstappen conseguiu o melhor tempo no treino classificatório da madrugada deste sábado (8) no Circuito de Suzuka, no Japão. Registrando uma volta de 1m29s304, o holandês da Red Bull Racing vai largar na pole na corrida neste domingo (9), que terá início às 2h (de Brasília), e pode garantir o título da temporada de 2022 da Fórmula 1.

O grid de largada ainda terá os ferraristas Charles Leclerc (1m29s314) e Carlos Sainz (1m29s361) em segundo e em terceiro, respectivamente. Sergio Pérez e Esteban também estão no top 5, com Lewis Hamilton, Fernando Alonso, George Russell, Sebastian Vettel e Lando Norris completando os dez primeiros.

O Grande Prêmio do Japão pode consagrar o bicampeonato de Verstappen. Para isso, o atual campeão precisa vencer e fazer a volta mais rápida, ou dependerá de uma combinação de resultados na etapa para conquistar o título antecipado.

Verstappen lidera, mas quase bate

Apesar de garantir a pole com um resultado apertado, o atual campeão e líder da temporada quase se envolveu em um drama no Q3. Isso porque Lando Norris por pouco não se chocou com a traseira de Verstappen, que estava indo bem devagar na pista, durante uma volta.

O inglês da McLaren conseguiu desviar e recebeu um pedido de desculpas do holandês. A categoria informou que o episódio será investigado para analisar uma possível punição ao piloto da Red Bull.

Q1
O atual campeão teve o melhor tempo nos 18 minutos da primeira parte do classificatório, registrando uma volta de 1m30s224. O piloto de 25 anos foi seguido de perto pela dupla da Ferrari, Carlos Sainz e Charles Leclerc. Já Fernando Alonso, da Alpine, e Sergio Pérez, da Red Bull, completaram o top 5, repetindo a classificação do TL3.

Alexander Albon, Pierre Gasly, Kevin Magnussen, Lance Stroll e Nicholas Latifi foram eliminados no Q1 e ficarão, respectivamente, nas posições 16 a 20 do grid de largada. O francês da AlphaTauri, que irá dirigir pela Alpine na temporada que vem, sofreu com problemas no freio de seu carro e saiu do qualificatório irritado.

Um destaque do Q1 vai para a dupla de pilotos da Mercedes. Com direito a sol e pista seca em Suzuka, Hamilton e Russell foram os únicos que saíram com pneus médios, enquanto os demais optaram pelos macios. Nenhum dos dois conseguiu marcar bons tempos em suas primeiras voltas e precisaram mudar para deixarem a zona de desclassificação.

Q2
Um destaque do Q1 vai para a dupla de pilotos da Mercedes. Com direito a sol e pista seca em Suzuka, Hamilton e Russell foram os únicos que saíram com pneus médios, enquanto os demais optaram pelos macios. Nenhum dos dois conseguiu marcar bons tempos em suas primeiras voltas e precisaram mudar para deixarem a zona de desclassificação.

No entanto, o atual campeão foi deixado para trás na reta final e não conseguiu melhorar sua marca para recuperar a liderança, terminando em terceiro. Seu companheiro de equipe Sergio Pérez fez a volta mais rápida, registrando 1m29s925 e sendo seguido por Fernando Alonso.

Esteban Ocon e Lewis Hamilton completaram o top 5, enquanto Sainz ficou em sexto, e Leclerc, em nono. Assim como no topo, a disputa na parte de baixo para escapar da eliminação também esquentou nos últimos minutos, em uma verdadeira dança das cadeiras.

No fim, Daniel Ricciardo, Valtteri Bottas, Yuki Tsunoda, Zhou Guanyu e Mick Schumacher foram eliminados no Q2 e largarão, respectivamente, nas posições 11 a 15 do grid. Correndo com o apoio da torcida, o japonês da AlphaTauri não conseguiu um bom desempenho para a largada em seu primeiro GP em casa.

Q3
Depois de um Q2 intenso, a última parte do classificatório começou e terminou a pleno vapor. Verstappen, mais uma vez, assumiu a ponta com uma volta de 1m29s304 e não foi superado. Por pouco, já que Leclerc quase bateu a marca em sua última volta, mas o monegasco não foi rápido o suficiente e terminou em segundo, seguido de perto por Sainz.

A corrida
O Circuito de Suzuka volta a receber uma prova da categoria depois de dois anos devido à pandemia de Covid-19. O Grande Prêmio do Japão é a 18ª etapa da temporada de 2022 da F1.

Até então, Verstappen é o líder isolado, com 341 pontos. O holandês é seguido na tabela por Leclerc, com 237, e por Pérez, com 235. O atual campeão pode inclusive conquistar seu segundo título já neste domingo, dependendo de uma combinação de resultados de Leclerc e Pérez, que possuem 237 e 235 pontos, respectivamente.

A Band transmitirá a corrida de amanhã com exclusividade

Confira o grid de largada do GP do Japão
1) Max Verstappen (Red Bull)
2) Charles Leclerc (Ferrari)
3) Carlos Sainz (Ferrari)
4) Sergio Pérez (Red Bull)
5) Esteban Ocon (Alpine)
6) Lewis Hamilton (Mercedes)
7) Fernando Alonso (Alpine)
8) George Russell (Mercedes)
9) Sebastian Vettel (Aston Martin)
10) Lando Norris (McLaren)
11) Daniel Ricciardo (McLaren)
12) Valtteri Bottas (Alfa Romeo)
13) Yuki Tsunoda (AlphaTauri)
14) Zhou Guanyu (Alfa Romeo)
15) Mick Schumacher (Haas)
16) Alexander Albon (Williams)
17) Pierre Gasly (AlphaTauri)
18) Kevin Magnussen (Haas)
19) Lance Stroll (Aston Martin)
20) Nicholas Latifi (Williams)

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Prefeitura faz recapeamento em novo trecho do Cidade Jardim

Produtos da ceia de Natal sobem quase 10% no Brasil

Vacinação nesta sexta-feira é das 7h30 às 10h30