Vice-prefeito Rogério Guedes e o vereador Luciano Bonsucesso com o deputado Marcos Damasio em São Paulo

Unir forças para transpor as barreiras que dificultam a implantação do Hospital Dia na área onde também funciona a Unidade de Pronto Atendimento – UPA do Cervezão. Com este objetivo, representantes do Partido Liberal (PL) e do governo municipal estiveram em São Paulo reunidos com o deputado estadual Marcos Damasio na última quinta-feira, 18/2.

O PL local foi representado pelo vereador Luciano Bonsucesso, presidente Marco Peres e assessora parlamentar Quézia Marçola. O vice-prefeito de Rio Claro, Rogério Guedes acompanhou a comitiva na reunião realizada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, a Alesp.

O projeto de implantação do Hospital Dia Cervezão conta com a ampliação de 40 leitos, enfermaria, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), centro cirúrgico e consultório clínicos, entre outros itens. A obra está orçada em R$ 2 milhões.

A comitiva solicitou intervenção do deputado Marcos Damasio para que Rio Claro possa contar com emendas parlamentares da bancada federal do PL e desta forma alcançar o montante necessário. “É um esforço político necessário. Esta região conta com mais de 50 mil habitantes que serão diretamente beneficiados com o investimento”, disse Luciano Bonsucesso.

Rogério Guedes externou na reunião que a construção de um novo hospital no município, através da ampliação das instalações já existentes no Cervezão, é prioridade. “Precisamos de apoio para que a obra se torne realidade. Agradecemos a atenção do PL nesta empreitada”, disse o vice-prefeito.

Ainda na reunião, Luciano Bonsucesso encaminhou mais duas demandas ao deputado Damasio. O vereador solicitou a liberação de recurso para o término da pavimentação asfáltica no Jardim Novo Wenzel. “Com a entrega das casas do bairro Bom Retiro, o tráfego de veículos aumentou no Novo Wenzel”, disse o parlamentar ao lembrar que boa parte do asfalto já foi feita com a liberação de emenda assinada pelo deputado federal Miguel Lombardi.

A comitiva também reivindicou ao deputado intervenção política junto ao governo do Estado para que área no distrito de Ajapi, atual centro comunitário, não seja leiloada. A iniciativa do governo já conta com respaldo da Alesp. “É preciso reverter este quadro. Por isso, estamos aqui solicitando ao PL que nos apoie neste momento crítico”, finaliza Luciano Bonsucesso.