Vacinação contra a gripe é prorrogada até 3 de junho

49

Ednéia Silva

A campanha nacional de vacinação contra a gripe terminaria nesta sexta-feira (22) em todo o país, mas foi prorrogada até 3 de junho, visto que a meta de imunizar 80% do público-alvo não foi atingida.

Balanço do Ministério da Saúde divulgado nessa quinta-feira (21) indica que 19,1 milhões de pessoas se vacinaram contra a gripe. O número representa 38,6% do público-alvo, formado por 49,7 milhões de pessoas.

Rio Claro também não atingiu a meta de vacinação, que prossegue nas unidades de saúde e saúde da família. Podem tomar a vacina os idosos, crianças com idade entre 6 meses e 5 anos, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), indígenas, doentes crônicos, profissionais de saúde, presos e trabalhadores do sistema prisional.

As pessoas que integram os grupos prioritários devem procurar as unidades de saúde e os postos extras montados na Farmácia Popular, na Avenida 2, Centro, e no Cead na Avenida 24, entre as ruas 8 e 9, no bairro Santana. As salas de vacina funcionam das 8 às 16 horas. É recomendado levar a carteira de vacinação.

Em Rio Claro, o público-alvo é estimado em 40 mil pessoas. A meta é vacinar 80% desse público. De acordo com a Vigilância Epidemiológica, “está prevista a vacinação de 8.252 crianças, 2.447 trabalhadores da saúde, 1.512 gestantes, 248 puérperas e 20.248 idosos, perfazendo um total de 32.706 pessoas. Não há meta para a vacina em portadores de doenças crônicas”.

Até o dia 14 de maio foram vacinados 9.411 idosos, o que representa 37,18% do público-alvo. O grupo das crianças atingiu 27,29% com 2.740 doses aplicadas. O maior índice de vacinação acontece no grupo das puérperas. Nesse grupo foram imunizadas 130 mulheres, com índice de 45,15%. Entre os profissionais de saúde o percentual é de 35,25% ou 1.078 vacinas aplicadas. O município vacinou 436 gestantes com índice de 24,90%.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: