Vacinação contra a paralisia infantil começa neste sábado

76

Divulgação

A Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite, mais conhecida como paralisia infantil, começa neste sábado (15). Para atender à comunidade, a Fundação de Saúde de Rio Claro disponibilizará 16 postos de vacinação, que irão funcionar das 8 às 17 horas.

A vacina será aplicada nas unidades de saúde do município e todas as crianças de seis meses a menores de cinco anos devem ser vacinadas. Além da imunização contra a paralisia infantil, também será possível atualizar a carteira de vacinação das crianças menores de cinco anos. Segundo a Vigilância Epidemiológica do município, a meta é vacinar 95% da população nesta faixa etária, o que representa mais de 9.700 crianças.

Para atender à comunidade, a Fundação de Saúde de Rio Claro disponibilizará 16 postos de vacinação, que irão funcionar das 8 às 17 horas
Para atender à comunidade, a Fundação de Saúde de Rio Claro disponibilizará 16 postos de vacinação, que irão funcionar das 8 às 17 horas

“A poliomielite é uma doença provocada por vírus que afeta o sistema nervoso e pode levar à paralisia dos membros”, alerta Suzi Berbert, médica infectologista da Fundação de Saúde. “Graças à vacina e às campanhas nacionais de vacinação, essa terrível doença não tem feito mais vítimas em nosso país, porém, há ainda o risco do vírus voltar a circular no nosso meio vindo de outras regiões do mundo”, observa a médica.

“Provavelmente as mães, pais ou cuidadores de nossas crianças nunca sentiram de perto o impacto e a tristeza de ver alguém próximo acometido pela poliomielite. No máximo, talvez conheçamos alguém que ficou com sequela motora após a doença, ou então até desconhecemos que a causa daquela pessoa ter necessidades especiais foi a poliomielite”, acrescenta Suzi.

A Vigilância Epidemiológica ressalta que mesmo as crianças que estão com a vacinação em dia devemreceber a gotinha da vacina, o que é fundamental para impedir a circulação do vírus que causa a doença. “Para que haja sucesso é muito importante que, no mesmo período, o maior número possível de crianças seja vacinado”, destaca Suzi.

A médica explica que a vacina não tem contra indicações, sendo que deve ser adiada apenas se a criança estiver com febre ou alguma doença aguda. A campanha se estende até o dia 31 de agosto e os pais ou responsáveis devem levar a carteira de vacinação da criança. O documento é importante para a anotação da vacina recebida e atualização de outras vacinas que estejam em atraso.

Unidades de saúde em Rio Claro:

UBS Nosso Teto/Boa Vista  – Avenida 88, 147 – Jardim Boa Vista

UBS Jardim Cervezão – Avenida M-17, 739 – Jardim Cervezão

UBS 29  – Avenida 29, 1311- Bairro do Estádio

UBS Wenzel – Avenida 62, 4219 – Wenzel

UBS Vila Cristina  – Avenida José Felício Castellano, 1784 – Vila Cristina

USF Ajapi – Rua 4, s/n

USF Mãe Preta – Avenida 1, 300 – Parque Mãe Preta

USF Palmeiras – Rua 8, 1102 – Jardim das Palmeiras

USF Jardim Novo I/ II – Rua 8, 1012 – Jardim Novo I

USF Benjamin de Castro – Avenida 8, 420 – Jardim Centenário

USF Bonsucesso/Novo Wenzel – Rua 6, 680 – Jardim Novo Wenzel

USF Jardim das Flores – Avenida M-51 s/n – Jardim das Flores

USF Guanabara – Rua 9, s/n – Jardim Guanabara

USF Panorama – Avenida 64-PA, 1390 – Jardim Panorama

USF Terra Nova – Avenida Marginal, 1043 – Terra Nova

USF Jd. Progresso – Avenida M-31, 1887 – Jardim Progresso

Qual sua opinião? Deixe um comentário: