Tubulares: 24 empresas participaram da licitação que ainda não teve vencedor

81

Antonio Archangelo/Coluna PolítiKa

Prefeitura visa contratar empresa para alugar tubulares para o Carnaval e para os jogos do Paulistão (Foto: Divulgação)
Prefeitura visa contratar empresa para alugar tubulares para o Carnaval e para os jogos do Paulistão (Foto: Divulgação)

A prefeitura de Rio Claro, por intermédio de sua assessoria de imprensa, confirmou que pelo menos 24 empresas participaram do processo licitatório que pretende locar as arquibancadas para os festejos carnavalescos e também para amparar os estádios de futebol durante o Campeonato Paulista. “O processo de licitação teve a participação de 24 empresas”, alegou em nota enviada à Coluna.

“As três empresas melhor classificadas pelo critério de preço não apresentaram toda a documentação exigida e, portanto, foram desclassificadas, o que colocou a quarta colocada na primeira posição. Uma das empresas que aparecem depois na classificação anunciou que entrará com recurso, mas até agora não formalizou tal intenção. A arquibancada que será contratada terá 8.200 lugares. O preço a ser pago só será anunciado após a oficialização da vencedora”, concluiu.

Em 2014, a 46 dias do primeiro dia de desfiles na Rua 3-A, entre as avenidas 50-A e 80-A, no Jardim América, a preparação para montagem da infraestrutura no local começou a ser definida. O então presidente da COC (Comissão Organizadora do Carnaval), José Renato Gonçalves, discorria sobre a publicação do edital para contratação de empresa responsável pela montagem de arquibancadas, camarotes e frisas no dia 15 de janeiro.

Naquele ano, as arquibancadas tiveram capacidade para 8 mil lugares, mesma quantidade do Carnaval 2013, mais de uma centena de camarotes e cerca de 100 frisas. O presidente da COC estimava que, com esta estrutura, aproximadamente 10 mil pessoas devessem acompanhar os desfiles das escolas de samba e blocos-escola.

Naquele ano, o acordo para que as arquibancadas tubulares fossem emprestadas para o Carnaval na Passarela do Samba firmou-se no compromisso da administração municipal em remontá-las para o uso no dia 16 de março, com a aprovação da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Qual sua opinião? Deixe um comentário: