Solenidade marca volta dos trilhos

76

Sidney Navas

DE VOLTA PARA A ESTAÇÃO: composição leva cerca de um quilômetro de trilhos para a antiga Estação Ferroviária de RC
DE VOLTA PARA A ESTAÇÃO: composição leva cerca de um quilômetro de trilhos para a antiga Estação Ferroviária de RC

Durante solenidade realizada na tarde de quinta-feira (23) na Avenida 13 com a Francisco Conde Matarazzo, autoridades participaram do ato que marcou a devolução oficial de cerca de um quilômetro de trilhos que serão colocados na antiga Estação Ferroviária da Rua 1, Centro da cidade. Além da recolocação dos trilhos, vagões e provavelmente uma locomotiva, todos inteiramente recuperados e reformados, na garagem da antiga Estação de Rio Claro, farão parte do projeto mais amplo que a prefeitura pretende instalar naquele local.

Du Altimari já tinha declarado em ocasiões anteriores que quer transformar aquele espaço histórico no futuro Museu Ferroviário, montando um acervo que guie o visitante, o turista, para uma viagem ao passado, quando as ferrovias e, em especial, o trem de passageiros representou a transição do Brasil para a modernidade, integrando territórios, pessoas e imprimindo o desenvolvimento. O Museu Ferroviário deve ser um dos maiores e mais importantes do gênero no país. Os dormentes chegarão em breve.

>>> Advogado quer trem de passageiros em Rio Claro

Atendendo a requerimento da vereadora Maria do Carmo Guilherme, aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal, a América Latina Logística (ALL) também iniciou a manutenção na malha com serviços que incluem a troca de trilhos, entre outros investimentos. A parlamentar observa que, nessa primeira etapa de trabalho, a América Latina Logística fará a manutenção na malha ferroviária do trecho que se inicia nas proximidades do Shopping Rio Claro estendendo-se até a Avenida 25. Segundo suas informações, a iniciativa partiu logo depois que um munícipe alertou a respeito da formação de erosão, em estágio avançado, no referido trecho.

Maria do Carmo citou ainda a importância da ferrovia na história do município e ressaltou que, durante o Seminário de Turismo Ferroviário, realizado no ano passado, abordou a necessidade de revitalizar a linha que liga a estação com a cidade de Santa Gertrudes para a utilização do turismo ferroviário. “A ferrovia é parte essencial da história de Rio Claro e do Brasil. Devemos manter essa cultura viva e preservada”, completou. Maria do Carmo defendeu ações que possam preservar a história ferroviária e ações conjuntas com as associações que trabalham no turismo sobre os trilhos para que RC possa ser incluído no contexto. “A ferrovia faz parte da nossa história. Precisamos resgatá-la”, disse. Além do prefeito municipal Du Altimari, a vereadora Maria do Carmo, representantes da ALL e a Associação de Preservação Ferroviária, que tem uma representação em RC, participaram da solenidade.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: