Vivian Guilherme

As festas de fim de ano vêm chegando e é hora de começar a preparar as reuniões entre familiares ou amigos. Tem gente que começa a programar os encontros com bastante antecedência, sobretudo, quando é preciso escolher um lugar para realizar a festividade.

O mês de dezembro é sinônimo de lucro para os estabelecimentos que veem neste mês um filão de mercado. Com procura superior aos demais meses do ano, alguns se arriscam a dizer que o movimento é mais que 100% maior do que os outros meses.

Outros espaços muito procurados para as festas de fim de ano são chácaras e sítios. O preço médio da diária desses locais varia de R$ 250 a R$ 1500 em dezembro, sendo que, o preço médio é de R$450. Entretanto, a maior parte das chácaras já está com agenda lotada e reservas até o começo de janeiro. Para quem pretende realizar a festa da empresa em uma chácara, a dica é correr e procurar dias alternativos, que não tem tanta procura como segundas-feiras.

Para os que sempre deixam os detalhes para a última hora, vale lembrar que as reservas feitas ainda no início do segundo semestre do ano costumam oferecer vantagens, como melhor preço, opções de local, horário e datas. Outra opção de confraternização entre funcionários de empresas estão os eventos de aventura e ecológicos, que incluem rafting, caminhada e brincadeiras para integrar a equipe, disponível em diversos hotéis e pousadas em Analândia, Itirapina e Brotas.

Abastecendo a despensa

Além do espaço para a realização, outra preocupação é com a comida. O que servir? Ainda, na hora de comprar os ingredientes para a festa, sempre surge a dúvida sobre a quantidade. Para não exagerar na quantidade, ou ter que sair correndo para comprar mais comida, o JC fez uma lista básica, na qual você poderá se basear e fazer seu planejamento de compra. Veja o gráfico abaixo:

alimentos

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Saiba como denunciar assédio sexual sofrido no trabalho

Rio Claro vacina contra a Covid a partir das 7h30