No dia 9 de julho, às 9h30, um ato contra o racismo acontecerá no Jardim Público. Crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor têm aumentado em Rio Claro, a exemplo do que ocorreu no dia 18 de junho, quando uma mulher de 48 anos, moradora da Vila Paulista, foi xingada pela vizinha de “macaca”, “gorila”, “saci” e “beiçuda”.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Idoso morre vítima de Covid em Rio Claro