Rio Claro tem campanhas e ações solidárias

178

Da Redação

O espírito solidário está no ar. No período que antecede o Natal, muitas pessoas arregaçam as mangas para realizar campanhas e ações solidárias. Qualquer tipo de contribuição é bem-vinda. Uns doam seu tempo e colocam a mão na massa, e outras contribuem fazendo doações ou adquirindo produtos, cuja renda é revertida em benefício de quem precisa de algum tipo de ajuda.

O Shopping Center Rio Claro realiza até o dia 28 de dezembro a Campanha da Árvore Solidária e até o dia 31 de dezembro a campanha Loja do Bem. A Campanha Árvore Solidária está sendo promovida em parceria com o Fundo Social de Solidariedade. A ação arrecada brinquedos, roupas e sapatos para presentear crianças carentes.

As pessoas podem participar retirando um cartão da árvore montada na praça de alimentação do shopping. No cartão tem o sexo e a idade da criança que será presenteada. De acordo com a assessoria de imprensa do Shopping Center, o participante pode entregar um único presente ou montar um kit de Natal para presentear as crianças carentes. As doações serão recebidas no fraldário durante o horário de funcionamento do shopping.

Árvore Solidária instalada na Praça de Alimentação do Shopping Center Rio Claro
Árvore Solidária instalada na Praça de Alimentação do Shopping Center Rio Claro (Foto: G. Bastos)

A campanha Loja do Bem está arrecadando água potável, alimentos não perecíveis, roupas, sapatos e produtos de higiene pessoal que serão enviados para as cidades atingidas pelo desastre ambiental com as duas barragens em Mariana (MG).

A ação conta com o apoio das principais entidades da cidade. Os donativos podem ser entregues na Loja do Bem no horário de funcionamento do shopping.

Todo ano a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos realiza a Campanha Papai Noel presenteia crianças carentes da cidade, por meio da adoção de cartinhas. Neste ano, a campanha aconteceu de 12 de novembro a 11 de dezembro. De acordo com a assessoria de imprensa dos Correios, em Rio Claro foram selecionadas 360 cartas das quais 200 foram adotadas. Os números são menores que em 2014, quando 562 cartinhas foram selecionadas e 436 adotadas.

O projeto é realizado há 26 anos pelos Correios. As crianças escrevem cartas para o Papai Noel, que são lidas e selecionadas pelos funcionários da ECT, que verificam se as cartinhas atendem os critérios do projeto. Depois de lidas e selecionadas, as cartas são colocadas à disposição da população para adoção. Os presentes são entregues exclusivamente pelos Correios para preservar a imagem das crianças e de suas famílias.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: