Das 5.570 cidades brasileiras, apenas pouco mais de 200 estão sendo agraciadas neste ano com o selo “Município Livre do Analfabetismo”, e Rio Claro é uma delas

Divulgação

Das 5.570 cidades brasileiras, apenas pouco mais de 200 estão sendo agraciadas neste ano com o selo “Município Livre do Analfabetismo”, e Rio Claro é uma delas
Das 5.570 cidades brasileiras, apenas pouco mais de 200 estão sendo agraciadas neste ano com o selo “Município Livre do Analfabetismo”, e Rio Claro é uma delas

O índice de educação do município de Rio Claro está acima da média nacional. Os esforços de Rio Claro pela educação e pela alfabetização estão sendo oficialmente reconhecidos pelo Governo Federal. Das 5.570 cidades brasileiras, apenas pouco mais de 200 estão sendo agraciadas neste ano com o selo “Município Livre do Analfabetismo”, e Rio Claro é uma delas. O certificado, recebido neste mês pela prefeitura, é concedido aos municípios que conseguem atingir a meta de 96% de população alfabetizada.

“Essa distinção reflete a prioridade com que a Educação é tratada em nossa cidade”, comenta o prefeito Du Altimari, lembrando que nos últimos cinco anos os investimentos no setor somam quase R$ 19 milhões, somente na construção de novas escolas, creches e ampliações. “Além disso, projetos e obras em andamento superam os R$ 15 milhões e trarão mais mil vagas de ensino para Rio Claro”, contabiliza.

Desde 2007, o Governo Federal concede o selo aos municípios que se destacam. Os dados de alfabetização considerados pelo Ministério da Educação para a concessão do selo são do censo de 2010. Em comparação com dados do IBGE de anos anteriores, levando-se em conta pessoas acima dos 15 anos, a evolução de Rio Claro no combate ao analfabetismo é visível.

Em 1991 o município contabilizava 90.393 pessoas alfabetizadas e 7.263 analfabetos – 7,44% da população. Em 2002 eram 120.683 pessoas alfabetizadas e 5.953 (4,70% da população) sem alfabetização. Em 2010, Rio Claro somava 144.072 pessoas alfabetizadas, 96,7%, e apenas 4.914 sem alfabetização, índice de 3,30%, bem abaixo do índice nacional daquela aferição, que acusava 9,37% de analfabetos em todo o território nacional entre a população acima de 15 anos.

“Trata-se de mais uma importante conquista para o município”, comenta a secretária da Educação, Heloísa do Carmo.

Atualmente, Rio Claro atende 300 pessoas na EJA 1, primeira etapa do Ensino Fundamental e alfabetização de pessoas acima de 15 anos. O município também oferece vagas para a EJA 2 (segunda etapa do Ensino Fundamental) em cinco escolas que atendem 800 estudantes.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Rio Claro vacina contra a Covid nesta 6ª-f a partir das 7h30

Princesa Victoria ganha consultório odontológico