Rio-clarense reconhece importância da indústria

126

Antonio Archangelo

Na imagem aérea, o grande pátio fabril da antiga Companhia Paulista de Estradas de Ferro, utilizado atualmente pela empresa ALL
Na imagem aérea, o grande pátio fabril da antiga Companhia Paulista de Estradas de Ferro, utilizado atualmente pela empresa ALL

O rio-clarense reconhece a importância da indústria para o desenvolvimento de Rio Claro. De acordo com a Pesquisa Limite/JC, 51,5% consideram o setor o mais importante. O índice chega a 67% entre os entrevistados com pelo menos Ensino Superior completo; 64,9% – entre os que possuem renda família superior a 5 salários mínimos; e 58,4% entre os entrevistados entre 25 e 44 anos.

Em seguida, os rio-clarenses, em reposta única, citaram o setor de Serviços – 25,1%; Comércio – 15%; Agronegócio – 4,1%; e não responderam 4,4%. A margem de erro é de 4%.

Para Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp, “com a volta da confiança, voltam os investimentos, as pessoas perdem o medo de consumir, a produção aumenta e, com o crescimento, as empresas voltam a empregar, formando um círculo virtuoso”, comentou.

Já o prefeito Du Altimari (PMDB), “mesmo com as limitações que as dificuldades financeiras e os trâmites burocráticos impõem, a prefeitura tem oferecido apoio irrestrito a todas estas atividades, reconhecendo a importância de cada uma”.

Para ele, “Rio Claro é hoje destaque entre os municípios com maior densidade populacional, também pelo seu desenvolvimento e qualidade de vida”.

Pesquisa Limite JC

Qual sua opinião? Deixe um comentário: