Retirada de iluminação de praça pela prefeitura é questionada por munícipes (foto cedida leitor Maycon)

Adriel Arvolea

Retirada de iluminação de praça pela prefeitura é questionada por munícipes (foto cedida leitor Maycon)
Retirada de iluminação de praça pela prefeitura é questionada por munícipes (foto cedida leitor Maycon)

Na terça-feira (26), por volta das 8h15, o munícipe Maycon Campera passou pela praça pública em frente à Unesp- Bela Vista, na Avenida 24-A, e constatou que a iluminação do local estava sendo removida por funcionários públicos.

Chamou sua atenção o fato de as luminárias estarem funcionando em perfeito estado desde o início do mês de maio, quando aconteceu uma festa religiosa nas proximidades. Preocupado, questionou um dos trabalhadores sobre o motivo da retirada do sistema de iluminação. Mas, segundo conta, a abordagem não foi bem recebida.

“Estava passando no local e vi funcionários da prefeitura retirando postes de iluminação. Um deles até me ofendeu verbalmente e insinuou que eu não tinha nada para fazer. Queria até quebrar meu celular por eu ter feito fotos”, relata Campera.

Conforme avalia, não se justifica a decisão em retirar as luminárias. “Iluminação e segurança pública é para todos ou para interesses de poucos?”, indaga.

Quem, também, se queixa da situação é o professor universitário, Marcelo Borba. “Por que retiraram as luzes? Por que tem que ficar às escuras de novo? Quem são as responsáveis pela retirada das luzes?”, questiona Borba.

Por sua vez, a Prefeitura de Rio Claro esclarece que dispõe de equipamento de iluminação para ser disponibilizado em eventos, como a festa que aconteceu na Paróquia de Santa Luzia, ao lado da referida praça. “O material não pode ser instalado permanentemente em um determinado local, uma vez que sua finalidade não é essa”, afirma. Empresa foi contratada pelo município para fazer a manutenção da rede de iluminação pública e a praça, em questão, entrará no cronograma de serviços para receber reforço na iluminação.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.