RC perde mais duas e é lanterna na Liga Ouro

69

Matheus Pezzotti

basquete bola
O time do técnico Marcelo Tamião caiu para a quarta e última colocação do grupo, com 11 pontos após oito jogos (três vitórias e cinco derrotas)

Após quatro jogos, o RC Basquete ainda não conseguiu vencer fora de casa na Liga Ouro.

Depois de perder para Campo Mourão no domingo (30), pela sétima rodada por 78 a 69 (32 a 33 no primeiro tempo), na rodada seguinte, disputada na segunda-feira (31), o time rio-clarense voltou a perder para o time paranaense, desta vez na prorrogação, por 80 a 77 (35 a 29 no primeiro tempo), após o jogo ter terminado empatado por 71 a 71.

Assim como na primeira partida em casa, o cestinha do jogo foi o ala Castellon, ex-RC Basquete, com 26 pontos, três a mais que no jogo de domingo. Além dele, dois atletas da equipe paranaense contribuíram com 14 pontos cada: o ala Lima e o pivô Éder Araújo, mesma pontuação do principal nome do time rio-clarense, o ala/armador Luisinho.

O time do técnico Marcelo Tamião caiu para a quarta e última colocação do grupo, com 11 pontos após oito jogos (três vitórias e cinco derrotas).

Já Campo Mourão assumiu a segunda colocação na tabela da competição de acesso ao NBB com 12 pontos (quatro vitórias e quatro derrotas).

No outro jogo da noite, depois de perder por 15 pontos no primeiro tempo, Lins Basquete conseguiu a virada no último segundo e venceu o Sport Recife, fora de casa, por por 63 a 61. Essa foi a quinta vitória do time de Lins em sete partidas disputadas na Liga Ouro, que segue líder isolado, também com 12 pontos.

O Sport, que agora tem três vitórias em sete jogos, está em terceiro com 10 pontos, mas volta a jogar contra Lins Basquete nesta terça-feira, às 20 horas, no ginásio Marcelino Lopes, na capital pernambucana.

O JOGO

Campo Mourão, liderado pelo pivô Éder Araújo, ex-RC Basquete, assumiu a liderança do marcador desde o início, fechando o primeiro quarto em 19 a 15.

A vantagem ampliou-se para 11 pontos no início do segundo período, mas o ala norte-americano Ricks chamou a responsabilidade para si e, com 10 pontos, diminuiu a diferença para cinco (16 a 14 neste quarto).

A pressão do RC Basquete continuou no terceiro período empatando em 44 a 44, chegou a abrir dois pontos, mas Campo Mourão empatou em 51 a 51 (16 a 22).

Com uma sequência de 11 a 0 no começo do último quarto, o RC Basquete se aproximava da vitória, mas a torcida fez a diferença para o time da casa, que, motivado, iniciou uma recuperação e, liderado por Castellon, o Campo Mourão ficou apenas dois pontos atrás no marcador faltando dois minutos para o final.

Com várias oscilações à frente do placar, mas o ala Lima, também ex-RC Basquete, converteu os dois lances livres a 10 segundos do fim e o jogo acabou empatado em 71 a 71 (20 a 20).

Na prorrogação, as duas equipes tiveram dificuldades em pontuar, mas com uma cesta dos três pontos de Castellon e mais quatro seguidos de Michel, a equipe mandante abriu cinco pontos de vantagem no placar e manteve até o final, fechando o jogo em 80 a 77 (9 a 6).

O time rio-clarense volta a jogar contra o Sport Recife nos dias 8 e 9 de abril, às 20 horas, no Felipão. Antes, o time estreia pela Primeira Fase do Paulista contra o Osasco, também em casa, no dia 3 de abril e depois joga contra na casa do time de Assis, no dia 5.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: