Professor de Jornalismo é xingado de macaco e esfaqueado em Bauru

655

O professor Juarez Xavier, do curso de Jornalismo da Unesp, foi atacado com golpes de canivete após ter sido xingado de “macaco” na tarde de quarta-feira (20), Dia da Consciência Negra, em Bauru, no interior de São Paulo.

Em suas redes sociais, Xavier postou foto de um ferimento na perna e contou que reagiu ao ser chamado de “macaco” e acabou sendo esfaqueado. Os feriamentos teriam atingido o ombro e o tórax do professor, que foi socorrido por pessoas que passam pelo local e levado a uma unidade de Pronto Atendimento.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: