“Operar ele nas primeiras 48 horas é essencial”, diz filha de ciclista atropelado

2482

O ciclista João Álvaro Cocco, 58 anos, atropelado no início da noite do último domingo (25) na Rodovia Constantine Peruchi (SP-316) por um motorista que fugiu sem prestar socorro segue internado aguardando por operação. A família da vítima está apreensiva já que o quadro dele é considerado grave: “Os médicos disseram que operá-lo nas primeiras 48 horas depois do acidente é imprescindível para que essa lesão raquimedular seja revertida da melhor maneira. É uma cirurgia muito delicada e de risco. Por isso queremos uma certeza que esse procedimento será realizado ainda hoje na Santa Casa. Estamos desde domingo aqui no PSMI aguardando essa vaga para operá-lo. Tentamos até uma transferência para um hospital particular mas ia ser um procedimento de risco pelo estado de saúde dele”, disse a filha Juliana Cocco à reportagem.

O Jornal Cidade fez contato com a assessoria de imprensa da Santa Casa para obter um posicionamento sobre a realização da cirurgia mas até o momento não obteve uma resposta.

*ATUALIZAÇÃO 10h – A assessoria de imprensa da Santa Casa informou ao Jornal Cidade que o paciente será operado às 17h.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: