Divulgação

Começa na noite desta segunda-feira (1) a Operação Inverno 2015 deflagrada pela Casa Transitória “Verdade e Luz”, em parceria com a Prefeitura de Rio Claro por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social.

A operação será realizada até o dia 31 de agosto com o apoio da Guarda Municipal e o do Fundo Social de Solidariedade, que fornece as roupas para as pessoas acolhidas. O objetivo da ação é oferecer às pessoas em situação de rua abrigo e alimentação adequada durante os dias mais frios do ano.

“É nessa época que as pessoas em situação de rua ficam mais expostas às doenças de inverno, sendo que muitas passam por um processo de hipotermia, quando a temperatura corporal do organismo cai abaixo de 35º, o que pode levar à morte”, explica a secretária municipal de Assistência Social, Luci Helena Wendel Ferreira.

Operação Inverno envolve rondas noturnas feitaw por equipe composta por motorista, assistente social e um Guarda Civil. A equipe percorre as ruas da cidade das 18 às 22 horas em veículo da Casa Transitória, convidando moradores em situação de rua a pernoitar na entidade, com direito a banho, alimentação e cama, sempre respeitando o direito de ir e vir de cada um.

O serviço social da Casa Transitória funciona das 8 às 17 horas, mas para pernoite espontâneo, a pessoa deve chegar até 22 horas. Após esse horário o local recebe somente as pessoas levadas pela Guarda Municipal.

Para obter mais informações e/ou contribuir diretamente com a Casa Transitória, deve-se dirigir à Avenida 5, entre ruas 15 e 16, 1.415, Jardim Claret, ou fazer contato pelo telefone 3524-8910.

Paralelamente, a equipe de Serviço Especializado em Abordagem Social (SEAS) do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) realiza ronda diurna pela cidade durante todo o ano, de segunda a sexta-feira, das 6 às 17 horas, orientando as pessoas em situação de rua.

 A equipe do SEAS é composta por assistente social, psicóloga e técnicos em desenvolvimento social (TDS), que fazem busca ativa qualificada, aproximação social para formação de vínculos, atendimento individual do usuário, atendimento da família do usuário, visitas domiciliares, encaminhamento para a rede de serviços, encaminhamento pra retirada de documentação, encaminhamento para cadastro em programas sociais, acompanhamento no atendimento pela rede de serviços e  procura de familiares e reinserção social.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Mais trechos da Rua Jacutinga são recapeados

Rio Claro vacina contra a Covid na 3ª-f a partir das 7h30