Mais de 80% das praias de SP estão próprias para o banho de mar

170

O boletim mais recente de balneabilidade da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) indica que 147 pontos monitorados no litoral do Estado permanecem próprios para o banho de mar, do total de 177. O número representa 83% das localidades.

Ao todo, 30 praias apresentam condições impróprias. No litoral norte, começando por Ubatuba, 30 pontos estão próprios para banho, incluindo os sete da Ilha Anchieta. Apenas os dois de Itaguá, o do Perequê-Mirim e o de Maranduba, estão impróprios.

Na cidade de Caraguatatuba, apenas três praias estão impróprias (Lagoa Azul, Prainha e Indaiá). Em São Sebastião, do total de 30 pontos, só cinco não estão próprios (Prainha, Cigarras, São Francisco, Porto Grande e um dos de Juqueí (na Travessa Simão Faustino). Em Ilhabela, o número de praias impróprias aumentou para oito (Siriúba, Itaquanduba, Itaguaçu, Portinho, Feiticeira, Julião, Curral e Veloso), de 19 pontos.

Baixada Santista

Na Baixada Santista e litoral sul, vários municípios estão com todas as suas praias próprias (Bertioga, Cubatão, Santos, Praia Grande, Itanhaém, Iguape, Ilha Comprida). No Guarujá, apenas a do Perequê está imprópria, de um total de 12 pontos monitorados.

São Vicente manteve três praias impróprias, as mesmas do boletim anterior (Milionários, Gonzaguinha e Prainha). Mongaguá também continuou com as mesmas cinco impróprias (Vera Cruz, Santa Eugênia, Itaoca, Agenor de Campos e Flórida Mirim). Em Peruíbe, apenas o ponto da Avenida São João está impróprio.

A Cetesb mantém a recomendação no sentido de que os banhistas evitem entrar no mar, pelo período de até 24 horas após chuvas fortes.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: