JC Casar&Morar destaca a boa música

116

Adriel Arvolea

Música boa no ar! Acima da alegria contagiante que marca a festa de casamento, músicos contratados têm a missão de empolgar os noivos e convidados até altas horas. E dois nomes, em Rio Claro, têm cumprido a missão com ritmo e nostalgia: Grupo Tem Fuzuê e a Banda Brega&Chic.

Estilos variados que têm conquistado um público cada vez mais exigente. Carlos Alexandre dos Santos Lima, coral e cavaco no Tem Fuzuê, explica que o samba/pagode tem sido a nova pedida nas festas. “Temos animado casamentos, festas de aniversário e outros eventos ao ritmo do samba/pagode. É claro que sempre rola tocar outro estilo a pedido dos convidados. Mas a animação é geral”, comenta Lima.

Grupo Tem Fuzuê leva o melhor do samba para as festas de casamento (crédito: Aliança Foto&Vídeo)
Grupo Tem Fuzuê leva o melhor do samba para as festas de casamento (crédito: Aliança Foto&Vídeo)

Consolidada como uma das melhores bandas do mercado do seu gênero, a Banda Brega&Chic iniciou em 1996 e tem em seu currículo mais de 1.500 apresentações em todo o Brasil, incluindo também Portugal, França e Espanha, todos realizados com elegância, irreverência e sucesso. Na atualização do repertório e de seus figurinos, seus músicos levam em suas apresentações toda a magia das décadas de ouro aos anos atuais. Sucessos que não deixam ninguém parado, lotando a pista de dança.

Dicas
A JC Casar&Morar traz dicas aos casais com relação à Música. Dentre elas, esclarece que profissionais que prestam esse tipo de serviço possuem uma relação das músicas e um estúdio com aparelhagem própria para apresentar trechos para os interessados. Dessa forma, os noivos podem montar o repertório para a cerimônia religiosa e festa.
Indica, também, que se verifique a possibilidade de ouvir os músicos, cantores, animadores, instrumentistas ao vivo antes da contratação. Devem ser definidos, por escrito, a ordem em que as músicas serão executadas, o tipo de música, valor e pagamento. Além disso, se os pais fazem questão de uma música mais clássica, então sugere-se contratar uma banda que faça esse começo, durante o coquetel e jantar, e logo após o jantar o DJ entra, ainda, com músicas mais calmas, porém modernas.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: