Na noite de domingo (12), o Centro de Comunicação da Guarda Civil, recebeu um chamado pelo bairro São Miguel, onde a vítima relatava estar sendo agredida pelo seu companheiro.

Viaturas da GCM foram encaminhadas ao local, onde localizaram o acusado visivelmente alterado, possivelmente devido uso de álcool e substâncias entorpecentes. A vítima tinha alguns sinais de agressão em seu corpo.

Segundo os guardas, o agressor fazia várias ameaças quanto a tirar a vida da vítima, bem como atear fogo na residência com ela e os filhos dentro. 

As partes foram encaminhadas a UPA e ,posteriormente, ao Plantão de Polícia, onde a autoridade registrou ocorrência de Flagrante de Violência Doméstica, e mesmo a vítima ainda não possuindo Medida Protetiva, diante das ameaças, o agressor permaneceu preso à disposição da justiça.

Mais em Segurança:

Patrulha Rural da PM prende dupla com arma e drogas

Boletim policial deste sábado(8)