Exposições começam no final de semana

73

Divulgação

Exposições ficam de 18 de junho a 31 de julho
Exposições ficam de 18 de junho a 31 de julho

A abertura do 34º Salão de Artes Plásticas de Rio Claro e do 16º Salão de Artes Novos Olhares acontece nesta sexta-feira (17), a partir das 20h30, no Centro Cultural “Roberto Palmari”. O Salão de Artes Plásticas é realizado pela Secretaria Municipal de Cultura e o Salão Novos Olhares, pelo Arquivo Público.

O público poderá visitar as exposições a partir do dia 18 de junho até o dia 31 de julho, das 9 às 20 horas, na Rua 2, 2.880, na Vila Operária, em Rio Claro.

ARTES PLÁSTICAS

Considerado um dos principais eventos do mês de aniversário da cidade, que comemora 189 anos no dia 24 de junho. O Salão de Artes Plásticas costuma reunir obras e artistas de todo país. Aline Picolo Pascholati, Ted Marcos Colombini e Wagner Galesco Novaes formam a comissão julgadora dos trabalhos inscritos na 34ª edição do evento. A premiação do 34º Salão de Artes Plásticas de Rio Claro acontece na solenidade de abertura, na próxima sexta-feira.

Na categoria acadêmica, Cassio Justino, de Leme, recebeu medalha de ouro pela obra “Adeline”. Ademir Fernandes, de Campinas, ficou com a medalha de prata pelo conjunto da obra, e André Mauricio, de Uberlândia (MG), foi premiado com a medalha de bronze, com “Força do Campo”. Recebeu menção honrosa, pelo conjunto da obra, Paulo Tosta, de Jaboticabal.

Já na categoria contemporânea, Mayer, do Rio de Janeiro, foi contemplado com a medalha de ouro pela obra “Queixo-Caído (Díptico)”. Damares Rampin, de Rio Claro, recebeu a medalha de prata pelo conjunto da obra, e Raquel Carreli, de Paulínia, ficou com o bronze, também pelo conjunto da obra.

As menções honrosas foram para Andréia Mariano, de São Paulo (conjunto da obra), Alam Lima, de Diadema (“Santo Sudário”), Betto Damasceno, de São Bernardo do Campo (conjunto da obra), e Gilio Mialichi, de Limeira (pelo conjunto da obra).

Livro

O livro “Novos Olhares: 1997-2016” também será lançado na abertura das exposições. A publicação fala sobre os dezesseis anos da Mostra Novos Olhares, definida como um concurso de artes que apresenta a cidade pelo olhar dos artistas, nas modalidades de desenho, pintura e escultura.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: