E com a falta de chuva, alerta-se para a escassez hídrica. No último dia 28 de maio, o Consórcio da Bacia PCJ, do qual Rio Claro e região fazem parte, emitiu um alerta de que foram registradas precipitações 62% abaixo do esperado para o período.

“Para a área de drenagem de todas as Bacias PCJ as precipitações também estão abaixo das médias históricas em todos os meses de 2021. O esperado para o ano inteiro é que chova 1.213,11 mm, mas a permanecer esse comportamento climático dificilmente atingiremos o esperado de chuvas até o final do ano”, comunica.

Presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Rio Claro e presidente do Conselho Fiscal do Consórcio PCJ, o vereador Júlio Lopes (PP) encaminhou ofício ao prefeito Gustavo Perissinotto (PSD) questionando as ações que o município vem desenvolvendo em relação ao assunto para que não ocorra falta de abastecimento de água aos moradores.

“Estamos entrando no período de estiagem e medidas de conscientização se fazem urgentes. Desde o início do ano venho alertando sobre esta problemática; já encaminhei ofício ao prefeito solicitando informações das ações que o município vem desenvolvendo em relação ao assunto. É preciso que poder público e sociedade civil se unam pelo bem coletivo”, enfatiza.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia: