Em Júri, réu é condenado a 16 anos de reclusão

2208

Laura Tesseti

As sessões do Tribunal do Júri voltaram a acontecer no Fórum da Comarca de Rio Claro e, na tarde de terça-feira (1º), um réu foi condenado a 16 anos e quatro meses de prisão no regime fechado pelo assassinato de Gustavo de Oliveira Cerucci, ocorrido no dia 2 de junho de 2013, na Rua 14, entre as avenidas 5 e 7, no bairro Jardim Claret. Um segundo réu também foi julgado, mas acabou sendo absolvido pelo Conselho de Sentença.

O CRIME

De acordo com informações de documentos encaminhados ao Fórum, solicitando a abertura do processo, o três indivíduos estavam na Avenida 29, próximo ao Aeroclube, em Rio Claro, quando houve um desentendimento entre as partes.

A vítima teria entrado em seu veículo e seguido pela Rua 14. Nesse momento, os outros dois indivíduos, um deles pilotando uma motocicleta, seguiram Gustavo, que foi alvejado por diversos disparos e morreu no local. O crime teria sido cometido de forma que dificultou a defesa da vítima.

Foi considerado pela Promotoria, durante todo o processo, fútil o motivo pelo qual a vida de Gustavo foi ceifada. O indivíduo teria efetuado os disparos motivado por uma discussão ocorrida momentos antes.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: