É grave estado de ciclista atropelado na SP-316 por motorista que fugiu

5073

O rio-clarense João Álvaro Cocco, que foi vítima de atropelamento no início da noite de domingo (25), na Rodovia Constantine Peruchi (SP-316) segue internado em estado grave. João, que conduzia uma bicicleta, voltava do bairro Cascalho em Cordeirópolis quando foi atingido por um condutor de um veículo que o atropelou e fugiu sem prestar socorro: “Meu pai costumava sempre fazer este caminho quando saia de bicicleta. Logo após ele ser atropelado ele ainda tentou fazer contato com a gente por telefone mas não conseguiu completar a ligação. Ele ficou caído e ferido até que a Polícia Rodoviária o encontrasse e o SAMU realizasse o resgate”, afirmou Juliana Cocco Calmasini, que é filha do ciclista.

Juliana ainda conta que o pai entrou na ambulância já não sentindo as pernas e que desde o acidente estão na expectativa para que ele seja operado: “Ele teve uma lesão muito grave na medula, um trauma raquimedular, que pode provocar mudanças permanentes nas funções motoras. Ele até então ficou no PSMI da Avenida 15 já que não havia vaga na UTI da Santa Casa. Até tentamos uma transferência para um hospital particular mas os médicos não aconselharam pois seria uma manobra de risco. Agora aguardamos essa vaga que deve sair a qualquer momento”.

Atropelamento e fuga

O motorista que atropelou João Álvaro ainda não foi localizado. Quem tiver qualquer informação que possa levar até o condutor que fugiu sem prestar qualquer tipo de socorro pode entrar em contato com a polícia no telefone 190 ou no Disque Denúncia que atende no número 181. “Acreditamos que com o forte impacto do atropelamento este veículo tenha quebrado o vidro, esteja amassado. Se alguém souber de alguma situação deste tipo, que desconfie de algo, que faça contato com as autoridades pois foi algo muito sério. Estamos falando de uma vida e isso não pode ser negligenciado”, finalizou a filha Juliana.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: