A Assembléia Legislativa de São Paulo aprovou na madrugada desta sexta-feira (22) o projeto de lei do governador João Doria (PSDB) que antecipa a comemoração do feriado estadual de 9 de julho para a próxima segunda-feira (25) em todas as cidades paulistas como forma de estimular as pessoas a ficarem em casa e ampliar o distanciamento social e reduzir os índices de contágio do novo coronavírus.

Foram 47 votos a favor e 5 contra. Os deputados estaduais iniciaram a discussão virtual do projeto por volta das 14h30 de quinta-feira (21) em meio a muita polêmica. Isso porque os parlamentares de cidades litorâneas criticaram a medida, uma vez que milhares de moradores da capital estão deixando a cidade de São Paulo para seguir a outros municípios desrespeitando a quarentena imposta.

Rio Claro registra 61 casos de coronavírus e 8 mortes. O índice baixo de distanciamento social preocupa as autoridades locais, que pedem a colaboração da população para que se puder fique em casa.

Mais em Política:

Aldo Demarchi comenta sobre as duplicações das rodovias da região

PDT tem 23 candidatos a vereador(a) em Rio Claro