Defesa Civil comanda em Rio Claro a Operação Verão

117

Carine Corrêa

Defesa Civil de Rio Claro inicia rotina de monitoramento que inclui prevenir e orientar a população
Defesa Civil de Rio Claro inicia rotina de monitoramento que inclui prevenir e orientar a população

A partir do dia 1º de dezembro tem início em Rio Claro e em todo o Estado a Operação Verão. Niuro Luís Ribeiro, diretor da Defesa Civil da cidade, explica que a operação se estende até o dia 31 de março. Nesse período, as equipes se atentam para os principais pontos de alagamento no município. “Assim que começa a chover, nossas equipes saem e priorizam esses lugares, com a finalidade de fazer um trabalho preventivo”, frisa Niuro. Depois de monitorar, as equipes voltam para a base.

O trabalho de orientação também é desenvolvido pelos profissionais. Em um caso recente, quatro veículos ficaram submersos na água, na região da Avenida 16 no bairro Jardim São Paulo. Paulo Ortiz é chefe do Núcleo Operacional do órgão municipal, e alerta os motoristas. “Nossa equipe passou antes da área alagar. Isolamos com fita e fomos atender outras ocorrências. Quando voltamos havia quatro carros submersos. Mesmo sem sinalização, o motorista deve se atentar ao volume de água”, ressaltou Ortiz.

Pontos de alagamento

A Defesa Civil especifica quais são os pontos mais frequentes de alagamento no município. Portanto, quando a chuva fica mais intensa, deve-se evitar o tráfego de veículos nesses locais: Avenida 16 entre as ruas 21 e 22, no bairro Jardim São Paulo; Avenida Visconde do Rio Claro, em toda sua extensão; pontilhão da Avenida M-15 que liga o Jardim Primavera ao Cervezão; rotatória da Avenida 50-A com a Avenida Brasil; e Avenida Presidente Kennedy. “Quando chove constantemente, também realizamos o monitoramento na cabeceira do Rio Corumbataí. Nesses casos, voltamos nossa atenção às áreas rurais, no Jardim Nova Rio Claro e no Novo Wenzel”, explica Ortiz.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: