O prefeito Adinan Ortolan (MDB) autorizou a publicação de uma licitação internacional para compra do imunizante

A Prefeitura de Cordeirópolis anunciou que está publicando um edital internacional para viabilizar a compra de vacinas contra a Covid-19 suficientes para imunizar toda a população. A cidade próxima a Rio Claro tem cerca de 25 mil habitantes e vem registrando avanço da pandemia do coronavírus. Nessa quarta-feira (12), a Secretaria Municipal de Saúde registrou o maior número de internados desde o início da pandemia, chegando a 26 pacientes, sendo 10 deles intubados.

De acordo com a administração, o prefeito Adinan Ortolan (MDB) autorizou sua equipe a iniciar negociações para a aquisição do imunizante com laboratórios. A concorrência será a nível internacional, isto é, empresas fabricantes originalmente de outros países também poderão participar do pregão. A expectativa é de se investirem R$ 5,3 milhões que sairão do orçamento da pasta de Saúde.

Segundo Ortolan, a estimativa do governo é atender os 25 mil moradores e também as pessoas residentes de outras cidades que tenham vínculo de emprego comprovado no município. “A aquisição será de cerca de 50 mil doses quando se tratar de vacinas que incluem duas etapas de imunização ou 25 mil doses quando se tratar de vacinas com dose única”, comunica. Até essa quarta-feira (12), Cordeirópolis já havia vacinado – através do Plano Nacional de Imunização – 4.110 pessoas com a primeira dose e, somando a segunda dose, 6.766 pessoas no total.

A secretária responsável, Jordana Cassetário, juntamente com a diretoria de Compras da Prefeitura, deu início ao procedimento administrativo e já adiantou que as propostas iniciais e os documentos deverão ser entregues até 11 de junho, data da abertura das propostas, em sessão pública. Após a abertura, terá início a sessão de disputa de preços, fase competitiva da licitação.

O chefe do Poder Executivo lembra que a licitação está respaldada na Lei Federal nº 14.124/21, que autoriza a aquisição de vacinas para Covid-19 pelos municípios. “Nosso maior desejo é que todo esse processo ocorra o mais breve possível, pelo bem de toda nossa cidade”, relatou Ortolan.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.