As aulas presenciais na rede estadual de ensino retornaram nessa segunda-feira (30) em Rio Claro após meses sem a prática in loco nas escolas. Há, porém, um alerta para os cadastros dos estudantes junto às secretarias escolares para que a frequência seja retomada. Em entrevista ontem à Rádio Jovem Pan News Rio Claro, do Grupo JC de Comunicação, o conselheiro tutelar Leonardo Alves falou sobre esse momento.

“Tem nos preocupado muito é que muitas famílias perderam o vínculo com as escolas, muitos alunos também. As escolas têm tentado entrar em contato, é importante fazer movimento de mobilização para que as famílias compareçam às escolas e regularizem a situação. Muitas nem fizeram a rematrícula este ano. É preciso entender como será o funcionamento a partir de agora”, afirma.

O representante do Conselho Tutelar de Rio Claro afirma que há muitos casos de estudantes que não estavam acompanhando as atividades que eram realizadas de forma virtual. “Não tiveram nenhum contato, mais de 30% dos alunos da rede estadual. Têm algumas escolas em que alunos perderam o contato desde o ano passado, quando se iniciou a pandemia. Esse rompimento é muito ruim, vai demandar da família trabalhar com aquele adolescente para que ele volte a ter uma rotina escolar”, acrescenta.

Alves lembra que os conselheiros têm dialogado com outras frentes da sociedade para que esse problema seja resolvido. “Com líderes religiosos, associações de bairros, pessoas de projetos, para que elas alertem as famílias e possamos mobilizar de fato a cidade inteira para que todas as crianças e adolescentes retornem à unidade escolar”, conclui. A entrevista na íntegra está disponível em vídeo no canal www.youtube.com/jcrioclaro.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Saiba como denunciar assédio sexual sofrido no trabalho

Rio Claro vacina contra a Covid a partir das 7h30