Segunda princesa, Marina Thomazini; a primeira princesa, Tauana Gabrieli da Silva; o Rei Momo, Marcelo; e a rainha, Beatriz Capistrano

Da Redação

Na noite de sexta-feira (10), foram eleitos para compor a corte momesca do Carnaval 2017 de Rio Claro a rainha Beatriz Capistrano, rei Momo Marcelo Renato de Almeida, a primeira princesa Tauana Gabrieli da Silva, e a segunda princesa Marina Vitti Thomazini. O evento foi realizado no Floridiana Tênis Clube.

O público acompanhou o evento ao som do grupo União de Amigos. Além disso, a bateria Pegada Loka, da escola de samba Grasifs – Voz do Morro, deu o tom para que seu pavilhão e os das agremiações Samuca, A Casamba e Unidos da Vila Alemã (UVA) colorissem o clube. Também, estava presente o pavilhão da Império do Samba, com seu mestre-sala e porta-bandeira.

O clima de harmonia e descontração tomou conta do clube. Com seis candidatas, o concurso, que elegeu a rainha e duas princesas, atingiu as expectativas de seus organizadores. Muito confete e serpentina não faltaram na escolha da corte. O evento foi realizado pela Secretaria Municipal de Esporte e Turismo em parceria com a União das Escolas de Samba da Cidade Azul (Uesca).

Festejos

A programação oficial do Carnaval de Rio Claro acontece nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro, no Jardim Público. Além da participação das escolas de samba, haverá área kids com brinquedos, monitores, trenzinho e guloseimas para garantir a diversão das crianças.

De acordo com o secretário de Esporte e Turismo, Ronald Penteado, não haverá desfile das agremiações na Rua 3-A neste ano. Os eventos carnavalescos serão concentrados na área central. A atual administração municipal afirma que não há recursos para o financiamento da festa popular, diante do agravamento da crise econômica que atinge Rio Claro e o País.

Logo após as Eleições 2016, o prefeito eleito Juninho da Padaria (DEM) anunciou que os R$ 4 milhões em verbas públicas que seriam investidos no Carnaval 2017 serão aplicados na Saúde.