Campanha de vacinação contra gripe termina nesta sexta

80

Da Redação

Jovem toma a vacina contra a gripe em unidade de saúde (foto Valter Campanato/ABr)
Jovem toma a vacina contra a gripe em unidade de saúde (foto Valter Campanato/ABr)

A campanha de vacinação contra a gripe termina nesta sexta-feira (26) em Rio Claro após ter sido prorrogada por três vezes. A vacina está disponível nas unidades básicas de saúde e unidades de saúde da família para as pessoas que fazem parte dos grupos indicados para tomar o medicamento. O postos funcionam das 8 às 17 horas.

Podem tomar a vacina crianças entre seis meses e menos de cinco anos de idade, gestantes, idosos com 60 anos ou mais, puérperas (mulheres que deram à luz até 45 dias), indígenas, trabalhadores da saúde, pacientes com doença crônica, presos e funcionários do sistema prisional, professores e servidores da educação, policiais militares e carteiros.

A meta da campanha é vacinar 80% do público-alvo, que no Estado de São Paulo corresponde a 11,8 milhões de pessoas e 40.448 em Rio Claro. O último balanço da Secretaria de Estado da Saúde, divulgado no dia 15 de junho, indica que foram imunizadas 8.497.502 pessoas dos grupos prioritários. Em Rio Claro, até a semana passada tinham sido vacinadas 26.508 pessoas, o que equivale a 65,40% do total previsto.

No Brasil, a meta de vacinação é de 49,7 milhões de pessoas, segundo o Ministério da Saúde. O país não conseguiu atingir esse objetivo até o encerramento da campanha nacional no último dia 5. Até essa data, tinham sido vacinadas 35,9 milhões de pessoas, o que corresponde a 73% do público-alvo. Por conta disso, a pasta orientou pela continuidade da campanhas nos municípios que não tinham atingido a meta.

A vacina disponibilizada pelo Ministério da Saúde em 2015 protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). A vacina é segura e também é considerada uma das medidas mais eficazes na prevenção de complicações e casos graves de gripe. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

A transmissão dos vírus influenza ocorre pelo contato com secreções das vias respiratórias que são eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar, e por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

Qual sua opinião? Deixe um comentário: