[áudio] Rio Claro lucra sem Carnaval na região

87

Ednéia Silva

Muitas cidades da região cancelaram o Carnaval por causa da crise econômica. Esse fato está gerando lucros para Rio Claro, que manteve a festa e deve receber turistas que vêm à cidade para aproveitar a folia.

O assunto foi discutido no programa Jornal da Manhã da Rádio Excelsior Jovem Pan News dessa quinta-feira (21). O presidente da Comissão Organizadora do Carnaval (COC), René Neubauer, comentou que a verba investida pela prefeitura no Carnaval retorna para o cidadão que trabalha com a festa, como artesãos, escultores, entre outros profissionais.

René Neubauer, presidente do Comissão Organizadora do Carnaval, no estúdio da Rádio Excelsior Jovem Pan News
René Neubauer, presidente do Comissão Organizadora do Carnaval, no estúdio da Rádio Excelsior Jovem Pan News

“A gente não pode deixar de fazer o Carnaval, o melhor produto turístico da cidade”, destacou Neubauer. Segundo ele, essa é a festa que mais atrai turistas para o município, ainda mais agora que outras cidades cancelaram o Carnaval. O presidente contou que pessoas de outras cidades como Araras, Limeira, São Carlos etc. estão comprando ingressos para prestigiar a festa.

Além disso, ele diz que é um absurdo descartar o trabalho realizado pelas escolas de samba ao longo do ano. A festa gera lucro, pois os turistas movimentam hotéis, restaurantes e o comércio. A venda de ingressos está acontecendo no Shopping Center. O ingresso para arquibancada custa R$ 15 mais um litro de leite para os três dias. Crianças e idosos pagam meia. Os camarotes custam R$ 500, R$ 1.000 e R$ 1.500 e as frisas R$ 500, R$ 600 e R$ 750, de acordo com a localização.

Clique no player abaixo e confira o áudio na íntegra.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: