Sessão extraordinária em ambiente virtual – Foto: Alesp

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou, na noite de quinta-feira (1º/4), o Projeto de Resolução que determina a perda temporária de mandato, por 180 dias, do deputado Fernando Cury (Cidadania), por infringir o Código de Ética e Decoro Parlamentar da Casa.

No período, o parlamentar perde todas as funções, incluindo subsídio e atividades de gabinete. No seu lugar, deve tomar posse o suplente padre Afonso Lobato, após convocação a ser publicada no Diário Oficial na próxima semana.

Ao final da sessão, o presidente da Assembleia, deputado Carlão Pignatari, afirmou que, com a decisão, o Parlamento, com maioria absoluta dos seus integrantes, “dá um claro recado a toda sociedade, de que não admite qualquer situação de assédio, seja quem for ou o tipo que for”.

Sessão extraordinária em ambiente virtual – Foto: Alesp