Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Rio Claro, nesta segunda-feira (26), os trabalhos foram suspensos pelo presidente José Pereira (PSD) após bate-boca entre os vereadores Rafael Andreeta (PTB) e Paulo Guedes (PSDB).

Ao elogiar o advogado Marcelo Diniz, da Ariobar (Associação de Bares e Restaurantes de Rio Claro), que esteve na sessão para defender projeto que garante a reabertura do setor independentemente das decisões do governo do estado, Paulo passou a ser criticado por Rafael, que destacou o fato do colega tucano ter se declarado a favor do “lockdown” no município (em entrevista na rádio Jovem Pan News), o que na avaliação do petebista seria um posicionamento contra os comerciantes da cidade.

O clima esquentou e até o microfone foi cortado.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.