Treinador de boxe realiza intercâmbio na Itália

275

Favari Filho

O treinador de boxe Breno Macedo desembarcou recentemente em terras italianas onde deve permanecer durante os próximos seis meses devido a um convite de intercâmbio realizado ainda no ano passado, quando esteve na Itália com uma comissão de dez brasileiros por três semanas. Membro da equipe MM Boxe, o representante da Cidade Azul está trabalhando como técnico da modalidade esportiva em uma academia popular em Roma – local em que continua residindo nos próximos três meses para, depois, seguir à comuna de Bologna, onde realizará a mesma atividade nos quadriláteros dos ringues.

Breno – que está vinculado à Palestra Popolare Quarticciolo, academia situada no Bairro do Quarticciolo nos arredores de Roma – desenvolve um trabalho de inclusão social na comunidade por meio do Boxe, ou seja, algo semelhante ao que realiza com seu irmão Leonardo Macedo, em Rio Claro, pela MM. Ao Caderno de Esportes, o lutador comparou as realidades de ambos os países: “Encontrei na periferia de Roma uma situação social muito parecida com a que temos no Brasil, com crianças e adolescentes vindos de famílias desestruturadas e da convivência com o narcotráfico, com a criminalidade e a violência. Isso me motivou a fazer da mesma forma que fazemos no Brasil”, explicou o treinador de vinte e oito anos.

Em 2016, cabe ressaltar, os rio-clarenses que participaram do intercâmbio chamaram a atenção e, constatado o excelente nível dos atletas, os treinadores italianos Emanuele Agati e Gianni Cozzupoli convidaram Breno para trabalhar na Academia do Quarticciolo – espaço inaugurado no mês de setembro. “A minha ideia é espalhar o conhecimento que adquiri no esporte, bem como aprender o máximo possível sobre a organização de academias”, acrescentou o entrevistado que, nesta semana, está em Viena, na Áustria, onde realiza curso em um projeto social no qual discorrerá – a pedido dos anfitriões austríacos – acerca da equipe MM Boxe de Rio Claro que, há catorze anos, segue mudando a realidade de jovens na Terra de Ulysses Guimarães.

UM EXEMPLO:

No mês de dezembro de 2016, o tetracampeão Brasileiro, o também rio-clarense Jhonatan Conceição [categoria adulto até 64 kg] – treinado pela MM Boxe –, buscou a quinta medalha de Ouro na competição, ocorrida desta vez na Terra de Caetano e Gil, porém o esportista – que era um dos favoritos e que por fazer parte do Exército Brasileiro, na ocasião, representou o Estado do Rio de Janeiro – ficou com a medalha de Prata, láurea que lhe garantiu a almejada Bolsa Atleta.

Fique por dentro!

Bastante difundido em todo o Globo, o boxe é um esporte de combate no qual os pugilistas utilizam apenas os punhos, tanto para a defesa, quanto para o ataque, divididos em categorias de acordo com o peso.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: