A deliberação sobre a criação da Santa Casa de Rio Claro, ocorreu no dia 28 de março de 1885 na residência do Comendador Francisco de Assis Negreiros

Da Redação

A Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Rio Claro completou no último sábado (28) 130 anos de trabalhos em prol da saúde pública da cidade e microrregião.

Embora seja uma instituição privada, é filantrópica, ou seja, não tem fins lucrativos, o que a credencia para o atendimento gratuito aos pacientes através do Sistema Único de Saúde (SUS). Estima-se que cerca de 250 mil pessoas sejam assistidas pelo hospital que atende, além de Rio Claro, Analândia, Corumbataí, Ipeúna, Itirapina e Santa Gertrudes.

O provedor da Santa Casa, Prof.º José Carlos Cardoso, esteve na manhã desta segunda-feira (30) na Rádio Excelsior Jovem Pan e participou do Jornal da Manhã. Na oportunidade, Cardoso falou sobre a atual situação do hospital e esclareceu dúvidas de ouvintes.

Para ouvir a entrevista na íntegra, basta clicar no player abaixo.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Pharoah Sanders, saxofonista e lenda do jazz, morre aos 81 anos

Cresce número de crianças registradas por mães solo

JC nas Eleições debate dificuldade para Rio Claro eleger deputados