Quadrilha explode caixas eletrônicos na Santa Casa; R$ 130 mil foram encontrados

132

Lucas Calore

Os caixas eletrônicos do banco Santander que ficam localizados dentro da Santa Casa de Misericórdia de Rio Claro foram explodidos no final da madrugada desta quarta-feira (5), por volta das 5h.

Equipamentos ficaram totalmente destruídos após a explosão
Equipamentos ficaram totalmente destruídos após a explosão

Segundo informações da Polícia Militar, mais de 10 homens teriam participado da ação com o uso de dinamite para conseguirem explodir os equipamentos. Tiros também foram ouvidos no local e não há feridos.

O forte barulho assustou pacientes que estão internados no local, além de funcionários e moradores vizinhos. Uma leitora do JC que estava no local informou que funcionários assustados com a explosão pediram para que acompanhantes de pacientes se trancassem no banheiro.

Danilo de Almeida, coordenador da Defesa Civil de Rio Claro, informou que a estrutura do entorno da Santa Casa foi analisada para verificar possíveis riscos. Foi confirmado, então, que nada foi afetado. Uma empresa foi acionada para a remoção dos escombros. Vários cilindros de oxigênio, que são inflamáveis, estavam próximos ao local da explosão e não sofreram danos.

A ação durou apenas dois minutos e os bandidos fugiram com quantia de dinheiro ainda não contabilizada em dois veículos diferentes. Antes, acabaram deixando cerca de R$ 130 mil para trás.

Autoridades da PM estão apurando o ocorrido e contam com o apoio do helicóptero Águia que faz buscas pelos suspeitos nos arredores do hospital. A Defesa Civil averiguou a situação após a explosão e não há riscos de maiores problemas.

Clique para ampliar:

Novas informações serão atualizadas em breve aqui no site do JC.

Atualizado às 10h49; 13h50

Qual sua opinião? Deixe um comentário: