Ponte Rio Claro-Ipeúna requer melhorias

141

Carine Corrêa

Passar pela ponte que faz divisa entre os municípios de Rio Claro e Ipeúna tem sido sinônimo de perigo. É desta forma que os usuários classificam a passagem pelo acesso.

Rogério Altarugio passa pela travessia todos os dias e revela que teme pela sua segurança devido às más condições da ponte: com o tempo de uso, algumas tábuas acabaram sendo quebradas. Os vãos que se formam podem apresentar um risco tanto à segurança de motoristas e ciclistas quanto de pedestres. “Faz mais de três meses que o acesso está nessas condições. O assunto já foi levado à imprensa, inclusive algum usuário da ponte fixou na época a reportagem logo na entrada da ponte”, detalha Rogério.

Travessia que faz divisa entre os municípios está com o madeiramento danificado, apresentando risco aos usuários
Travessia que faz divisa entre os municípios está com o madeiramento danificado, apresentando risco aos usuários

Serra d’água – o acesso em más condições é denominado Serra d’água e fica localizado na divida de Rio Claro e Ipeúna, na zona rural do município. Ao todo, são 22 metros de comprimento da travessia.

Prefeitura de Rio Claro – o governo municipal informou que a Secretaria de Obras irá verificar a reclamação em questão.

Prefeitura de Ipeúna – no portal da prefeitura do município, consta que a última reforma da ponte ocorreu em 2012. Na época, a reestruturação do acesso constava do Plano de Reforma e Melhoria de Pontes da gestão do município vizinho.

“A reforma incluiu a troca de todas as vigas de madeira roliça e sua cobertura de vigas serradas, linhas e triagem, além disso foi feita a impermeabilização e proteção da ponte com óleo. Os pilares de sustentação da ponte não precisaram ser substituídos, pois são de concreto”, detalha trecho da notícia extraído da reportagem do portal.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: