A ex-secretária Olga Salomão (PT) no momento em que assumiu - provisoriamente - a prefeitura de Rio Claro (Foto: Arquivo)

Antonio Archangelo

Na véspera do Dia da Mulher, a vice-prefeita Olga Salomão (PT) anunciou sua pré-candidatura a prefeita em Rio Claro. Olga foi exonerada do cargo de comissão de secretária junto à Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Meio Ambiente (Sepladema) por meio da Portaria 13.943 de 25 de fevereiro, mas que teve sua publicação realizada no Diário Oficial do Município do dia 4 de março.

Com a exoneração, a diretora Regina Ferreira da Silva, que recentemente também foi nomeada presidente do Conselho de Regulação e Controle Social dos Serviços de Saneamento, passa a responder pelo cargo de secretária da supracitada secretaria.

A ex-secretária Olga Salomão (PT) no momento em que assumiu - provisoriamente - a prefeitura de Rio Claro (Foto: Arquivo)
A ex-secretária Olga Salomão (PT) no momento em que assumiu – provisoriamente – a prefeitura de Rio Claro (Foto: Arquivo)

Existia uma expectativa de que Olga se lançasse candidata à vereança, fato negado pela própria vice-prefeita. “Não. Eu me exonerei porque sou pré-candidata a prefeita”, disse ao ser indagada se tinha se exonerado para ser candidata a vereadora. Em agosto do ano passado, Olga Salomão já havia discorrido sobre a possibilidade de ser candidata. Vereadora entre os anos 1989-1992, e vice-prefeita nos dois últimos quadriênios, acumulando a função de secretária de Governo e, posteriormente, de Meio Ambiente, dizia que a “possibilidade sempre existia”.

“O que é necessário é manter a Frente Progressista para avançarmos num projeto político que valorize a participação e a justiça social”, defendeu a petista, que entrou para a história do município ao assumir, momentaneamente, o Poder Executivo rio-clarense.

Para ela, o foco para que a cidade avance é a “desprivatização do poder público”. “Organização da cidade de modo que possamos fazer valer as regras para todos”, conclui de maneira sucinta para as perguntas feitas pela Coluna. Olga se tornou nome forte para compor chapa com o então candidato Du Altimari, em agosto de 2008. Naquela oportunidade, o PT confirmava o nome da ex-vereadora à disputa. “Trata-se de uma pessoa experiente que vai representar o nosso partido”, comentava o então presidente da sigla, Wanoeles Ribeiro.